Abóbora recheada com vegetais e ovo

Quando esta abóbora me apareceu lá em casa foi amor à primeira vista. A ideia era usá-la para fazer sopa mas achei-a bonita demais para cortar em pedaços. Só me sobrava uma opção então, recheá-la e depois ficar com pena de a comer de tão bonita que ficou.

DSCF1543-cópia

 

Ingredientes:

para o recheio:

  • 1/2 abóbora
  • 1 lata pequena de milho
  • ervilhas q.b. – eu adoro por isso acrescentei muitas
  • 2 cenouras picadas
  • 1 chávena de quinoa cozida
  • 1 ovo
  • sal e pimenta
  • sementes para decorar

para o molho:

  • 4 tomates maduros picados
  • 2 dentes de alho
  • azeite q.b.
  • sal a gosto
  • 1/2 copo de água ou de vinho de temperos

 

Começar por ‘raspar’ a polpa da abóbora deixando uma camada com alguns centímentros de grossura* junto à casca. Pincelá-la com azeite e levar ao forno para assar o interior. Ir picando com um garfo até estar pronta.

Enquanto a abóbora está no forno preparar o molho de tomate. Para isso, picar os tomates e os olhos e deitá-los numa panela com um pouco de azeite. Deixar levantar fervura e mexer até se começarem a desfazer. Juntar a água ou o vinho de temperos e deixar reduzir um pouco. Não se esqueçam de juntar o sal e de irem provando para verem como está de sabor. Se usarem vinho de temperos e virem que fica salgado juntem um pouco de água.

Quando o molho tiver reduzido juntem a cenoura e deixem cozer até amolecer. De seguida juntem o milho, as ervilhas, a quinoa e a polpa da abóbora. Vão mexendo para não colar ao fundo e deixem apurar.

Quando a abóbora estiver pronta retirem-na do forno e recheiem-na com a mistura de vegetais (molho incluído, a abóbora vai absorvê-lo e ficar super saborosa). Partam o ovo lá em cima como se o fossem estrelar e levem novamente ao forno para o cozer. Desta vez o tempo de forno é conforme o vosso gosto, se preferirem o ovo mais cozido deixem mais tempo, se preferirem com a gema mais líquida deixem menos.

Quando estiver pronto é só servir acompanhado de uma mega salada.

*Convém deixar uma camada mais para o grossa junto à casca porque quando a levarem a assar ela vai amolecer e não queremos que se desfaça.

Follow my blog with Bloglovin

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s